Eu
BRASIL, Sudeste, SAO CAETANO DO SUL, SANTA MARIA, Homem, de 12 a 15 anos, Portuguese, English, Música, Livros, Cinema , Futebol , Internet e + Música
MSN - mutatismutante@hotmail.com


Arquivos

- 01/12/2006 a 31/12/2006
- 01/11/2006 a 30/11/2006
- 01/10/2006 a 31/10/2006
- 01/09/2006 a 30/09/2006
- 01/08/2006 a 31/08/2006
- 01/07/2006 a 31/07/2006
- 01/06/2006 a 30/06/2006
- 01/05/2006 a 31/05/2006
- 01/04/2006 a 30/04/2006
- 01/03/2006 a 31/03/2006
- 01/02/2006 a 28/02/2006
- 01/01/2006 a 31/01/2006
- 01/12/2005 a 31/12/2005
- 01/11/2005 a 30/11/2005
- 01/10/2005 a 31/10/2005
- 01/09/2005 a 30/09/2005
- 01/08/2005 a 31/08/2005
- 01/07/2005 a 31/07/2005
- 01/06/2005 a 30/06/2005
- 01/05/2005 a 31/05/2005
- 01/04/2005 a 30/04/2005
- 01/03/2005 a 31/03/2005
- 01/02/2005 a 28/02/2005
- 01/01/2005 a 31/01/2005
- 01/12/2004 a 31/12/2004
- 01/11/2004 a 30/11/2004
- 01/10/2004 a 31/10/2004
- 01/09/2004 a 30/09/2004
- 01/08/2004 a 31/08/2004
- 01/07/2004 a 31/07/2004
- 01/06/2004 a 30/06/2004
- 01/05/2004 a 31/05/2004



Outros

- Artificial Flavored
- Brincando com Palavras
- Caldeirão do Mago
- Discoteca Básica
- Duro na Queda
- Jack Não Tá Fazendo Nada...
- Lulu On The Sky
- Metamorphoses
- Micha Descontrolada
- Museu de Tudo
- My Girl
- No Congelador
- Nós por Nós
- O Blog do Szum
- Observador
- Opiniões Femininas
- Paulamar
- PERNAMBAIANO
- Putz Putz
- Ramsés Séc. XXI
- Under Pressure
- Vivendo Um Dia De Cada Vez
- Uma Janela
- Antigas Ternuras
- Beijo!


Votação

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Visitas

Créditos

No More Tears®



Letras traduzidas 2

Chegamos a 300 visitas!!! EEE. Nossa meta agora é chegar a 400... (hehehe)E gostaria de dizer aos navegantes que há muitas coisas legais no arquivo...(inclusive algumas piadinhas!!!!EEE)

Reverências à Rainha!!!

Queen - Crazy Little Thing Called Love (tradução)
by Freddie Mercury
Eu simplesmente não consigo lidar com ela
Essa coisinha chamada amor
Eu tenho que tratar dela
Eu não estou pronto
Coisinha maluca chamada amor
Essa coisa chamada amor
Chora (como uma criança)
No berço da noite
Balança, dança
Se mexe toda como uma água-viva
Eu meio que gosto
Coisinha maluca chamada amor
Lá vai a minha garota
Ela conhece o Rock'nRoll
Ela me deixa maluco
Ela me dá febre quente e gelada
E depois me deixa suando frio...
Eu tenho que me tranqüilizar... relaxar...
Pegar estrada... sentar atrás...
E fazer uma longa viagem na minha motocicleta
Até eu ficar pronto
Coisinha maluca chamada amor
Eu tenho que me tranqüilizar... relaxar...
Pegar estrada... sentar atrás..
E fazer uma longa viagem na minha motocicleta
Até eu ficar pronto (pronto Freddie)
Coisinha maluca chamada amor
Não estou pronto
Essa coisinha chamada amor
Eu simplesmente não consigo lidar
com ela
Essa coisinha chamada amor
Eu tenho que tratar dela
Coisinha maluca chamada amor...

---
Queen - Somebody To Love (tradução)
by Freddie Mercury

SOMEBODY TO LOVE (ALGUÉM PARA AMAR)

Qualquer um, podem me encontrar um alguém para amar?
A cada manhã [que] eu me levanto, eu morro um pouco, 
Mal consigo permanecer em pé.(Olhe para si mesmo)
Olho no espelho e choro, (e choro)
Senhor, o que está fazendo comigo... (sim, sim)
Eu tenho gastado todos os meus anos acreditando em Você, 
Mas eu simplesmente não consigo nenhuma ajuda, Senhor!
Alguém, alguém, alguém, alguém, 
Qualquer um, podem me encontrar um alguém para amar? 
Sim, 
Eu trabalho duro (ele trabalha duro) cada dia da minha vida, 
Eu trabalho até que sinto dor nos meus ossos.
No final (no final do dia), 
Eu levo para casa meu pagamento ganho com esforço, 
Totalmente sozinho.
Eu me abaixo (abaixo) de joelhos (joelhos), 
E eu começo a rezar
Até que as lágrimas escorram dos meus olhos.
Senhor - alguém - alguém, ooh alguém
(Por favor)
Qualquer um, podem me encontrar um alguém para amar?
(Ele trabalha duro)
Todo dia (todo dia) - eu tento e tento e tento, 
Mas todos querem me humilhar.
Dizem que estou enlouquecendo, 
Dizem que tenho muita água no meu cérebro.
Ah, não tenho bom-senso, 
Não me sobrou ninguém em quem acreditar.
Sim, sim, sim, sim.
Oh Senhor, 
Ooh alguém - ooh alguém, 
Qualquer um, podem me encontrar um alguém para amar?
(Qualquer um, podem me encontrar um alguém para amar?)
Não tenho nenhuma sensação, não tenho ritmo, 
Eu simplesmente continuo perdendo meu compasso.
(você simplesmente continua perdendo e perdendo)
Estou ok, estou bem, (ele está bem - ele está bem)
Não vou encarar nenhuma derrota. (sim, sim)
Eu só preciso sair desta cela de prisão, 
Um dia (algum dia) eu vou ser livre, Senhor!
Encontrem-me alguém para amar, 
Encontrem-me alguém para amar, 
Encontrem-me alguém para amar, 
Encontrem-me alguém para amar, 
Encontrem-me alguém para amar, 
Encontrem-me alguém para amar, 
Encontrem-me alguém para amar, 
Encontrem-me alguém para amar, amar, amar.
Encontrem-me alguém para amar, 
Encontrem-me alguém para amar, alguém, alguém...
Alguém me encontrem, 
Alguém, encontrem-me alguém para amar.
Qualquer um, podem me encontrar um alguém para amar?
Encontrem-me alguém para amar, 
Oooh encontrem-me alguém para amar.
Alguém, alguém, 
Encontrem-me alguém, alguém para amar.
Encontrem-me, encontrem-me, encontrem-me
Encontrem-me, encontrem-me alguém para amar, 
Alguém para amar.
Encontrem-me alguém para amar, 
Alguém para amar.
Encontrem-me alguém para amar, 
Qualquer um, qualquer cara
e estou obrigado a encontrar alguém para me amar.(para amar)
Oh, encontrem-me, encontrem-me, encontrem-me amor 
 
---

Falou galera!!


- Postado por: mutante às 14h51
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Falta pouco!!!Letras de músicas traduzidas 1

Falta pouco amigos... o meu blog vai chegar a 300 visitas... EEE.

Começa a seleção das letras traduzidas... inauguro com REM e Jonh Lennon(reverências , meninos...)

Losing my religion

Tradução: PERDENDO MINHA FÉ (ou religião)

A vida é maior, é maior do que você. e você não sou eu
até que ponto eu vou chegar, a distância nos seus olhos,
oh não eu falei demais, eu armei isso
esse sou eu na esquina, esse sou eu no holofote, perdendo minhafé
tentando continuar com você, e eu não sei se posso fazer isso
oh não eu falei demais, eu não falei o bastante
eu pensei ter ouvido você cantar, eu acho, eu pensei ter vistovocê tentar
cada suspiro, de cada amanhecer eu estou, escolhendo minhasconfissões
tentando ficar de olho em você, como um tolo cego e ferido
oh não eu falei demis, eu armei isso
Considere isso, considere isso, a sacada do século
considere isso, que me deixou de joelhos, falhou
e se todas essas fantasias viessem caindo por terra
agora eu falei demais
eu pensei ter ouvido você cantar, eu acho, eu pensei ter vistovocê tentar
mas isso era só um sonho, mas isso era só um sonho
eu pensei ter ouvido você cantar, eu acho, eu pensei ter vistovocê tentar
mas isso era só um sonho, tente, chore, porque tentar, foi apenas um sonho.

---

IMAGINE 

Imagine não haver nenhum paraíso
É fácil se você tentar
Nenhum inferno abaixo de nós
Acima, apenas o céu
Imagine todas as pessoas
Vivendo pelo dia de hoje...

Imagine não existir nenhum país
Isso não é difícil de se fazer
Nada pelo qual matar ou morrer
E sem religião também
Imagine todas as pessoas
Vivendo a vida em paz...

Você pode achar que sou um sonhador
Mas não sou o único
Espero que algum dia você se una a nós
E o mundo irá viver como um

Imagine não haver posse
Eu pondero se você consegue
Sem necessidades para ganância ou fome
Uma irmandade de homens

Imagine todas as pessoas
Dividindo todo o mundo...

Você pode dizer que sou um sonhador
Mas não sou o único
Espero que algum dia você se una a nós
E o mundo irá viver como um só

---

Falou galera... amanhã tem mais...



- Postado por: mutante às 17h52
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Aqui e agora , mais avatares especiais.Orra meu!(tentando imitar o Faustão...)

Alguém cace a arca perdida

Alguém chamou a Brejeiro?

É preciso fazer uma estrutura forte? Chama o Cauê!

Preciso dizer alguma coisa?

Alguma semelhança é mera coincidência...

Desculpa Jaqueline , mas eu naum pude perder essa piada...

---

Falou galera!



- Postado por: mutante às 18h12
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Saindo fresquinha mais uma fornada de Avatares Divertidos

Carolina Brejeiro , por ela mesma

Cauê , ou Bozo-Madruguinha

Vovó Didi(powered by Carol)

Gabriela (powered by Carol)

Jaqueline(powered by Carol)

Laís , Grécia ou Laís do Mal...

Marina versão Mutatis

Marina versão Carol

Mariana Pimentel(powered by Carol)

Carolina Naomi , ou Naomi(powered by Carol)

Quem nunca viu esse filme???

---

Falou galera... Espero que gostem... Hoje à noite ou amanhã vem os especiais calcados nesses daí!

 



- Postado por: mutante às 12h48
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Sambas enredo interessantes 5

É Hoje - União da Ilha 82

A minha alegria atravessou o mar
E ancorou na passarela
Fez um desembarque fascinante
No maior show da terra
Será que eu serei o dono dessa festa
Um rei no meio de uma gente
tão modesta
Eu vim descendo a serra
Cheio de euforia para desfilar
O mundo inteiro espera
Hoje é dia do riso chorar
Levei o meu samba
Pra mãe-de-santo rezar
Contra o mau olhado
Carrego o meu Patuá

Acredito ser o mais valente
Nessa luta do rochedo com o mar
É hoje o dia da alegria e a tristeza
Nem pode pensar em chegar

Diga espelho meu
Se há na avenida
Alguém mais feliz que eu

-

Esse samba enredo foi depois gravado pelo Caetano e se tornou um grande sucesso,

falou galera , acaba aqui a sessão sambas enredos , senão o will vai querer me socar por roubar o púlbico alvo dele...



- Postado por: mutante às 14h45
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Sambas enredos interessantes 4

Exaltação a Tiradentes
 
Joaquim José da Silva Xavier
morreu a 21 de abril
pela independência do Brasil
foi traído e não traiu jamais
a Inconfidência de Minas Gerais.

Joaquim José da Silva Xavier
era o nome de Tiradentes
foi sacrificado
pela nossa liberdade
esse grande herói
pra sempre há de ser lembrado

---

O Mundo Melhor de Pixinguinha(Portela 74)

Lá vem Portela
Com Pixinguinha em seu altar
E altar de escola é o samba
Que a gente faz
E na rua vem cantar

Portela
Teu carinhoso tema é oração
Pra falar de quem ficou
Como devoção
Em nosso coração

Pizindin! Pizindin! Pizindin!
Era assim que a vovó
Pixinguinha chamava
Menino bom na sua língua natal
Menino bom que se tornou imortal
A roseira dá
Rosa em botão
Pixinguinha dá
Rosa, canção
E a canção bonita é como a flor
Que tem perfume e cor

E ele
Que era um poema de ternura e paz
Fez um buquê que
não se esquece mais
De rosas musicais

Lá vem Portela...

-

Flou galera.



- Postado por: mutante às 14h33
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Sambas enredo interessantes 3

---

Direito é direito...

É hora da verdade
A liberdade ainda não raiou
Queremos o direito de igualdade
Viver com dignidade
Não representa favor
Hoje, a Vila se faz tão bonita
E se apresenta destemida
Unida pelos mesmos ideais
Lutando com a maior sabedoria
Contra os preconceitos sociais
A Declaração Universal
Não é um sonho, temos que fazer cumprir
A justiça é cega, mas enxerga quando quer
Já está na hora de assumir (eu sei)
Sei que quem espera não alcança
Mas a esperança não acabará
Cantando e sambando acendo a chama
E sonho um novo dia clarear

Clareou
Despertou o amor, que é fonte da vida
Vamos dar as mãos e lutar
Sempre de cabeça erguida

E quando o amanhã surgir, surgir
A flor da paz se abrir, se abrir
Será prosperidade
A brisa vai trazer mais alegria
No mundo haverá fraternidade

Direito é direito
Está na declaração
A humanidade
É quem tem razão

---

Esse também é muito legal , foi o ano que meu pai desfilou...



- Postado por: mutante às 14h28
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Sambas enredo interessantes 2

Reluziu... É ouro ou lata
Formou a grande confusão
Qual areia na farofa
É o luxo e a pobreza
No meu mundo de ilusão

Xepa de lá pra cá xepei
Sou na vida um mendigo
da folia eu sou rei

Sai do lixo a pobreza
Euforia que consome
Se ficar o rato pega
Se cair urubu come

Vibra meu povo
Embala o corpo
A loucura é geral
Larguem minha fantasia
Que agonia... Deixem-me
Mostrar meu carnaval

Firme... Belo perfil!
Alegria e manifestação
Eis a Beija-flor tão linda
Derramando na avenida
Frutos de uma imaginação

Esse é um clássico... Cristo coberto na favela , Joãozinho 30 e etc.

Tem mais hoje...



- Postado por: mutante às 14h27
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Sambas enredo interessantes 1

AQUARELA BRASILEIRA - Silas de Oliveira

Vejam esta maravilha de cenário
É um episódio relicário
Que o artista num sonho genial
Escolheu para este carnaval
E o asfalto como passarela
Será a tela do Brasil em forma de aquarela

Passeando pelas cercanias do Amazonas
Conheci vastos seringais
No Pará, a ilha de Marajó
E a velha cabana do Timbó

Caminhando ainda um pouco mais
Deparei com lindos coqueirais
Estava no Ceará, terra de Irapuã
De Iracema e Tupã

Fiquei radiante de alegria
Quando cheguei na Bahia
Bahia de Castro Alves, do acarajé
Das noites de magia do candomblé
Depois de atravessar as matas do Ipu
Assisti em Pernambuco
A festa do frevo e do maracatu

Brasília tem o seu destaque
Na arte, na beleza e arquitetura
Feitiço de garoa pela serra
São Paulo engrandece a nossa terra
Do Leste, por todo Centro-Oeste
Tudo é belo e tem lindo matiz
O Rio do samba e das batucadas
Dos malandros e mulatas
De requebros febris
Brasil
Estas nossas verdes matas
Cachoeiras e cascatas
De colorido sutil
E este lindo céu azul de anil
Emolduram em aquarela o meu Brasil
-----

Hehehe. Falou galera! Acho que trago mais alguma coisa até o final do dia... 



- Postado por: mutante às 10h45
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Poemas interessantes 17

Nem cinco minutos guardados (Titãs)
Teus olhos querem me levar
Eu só quero que você me leve
Eu ouço as estrelas conspirando contra mim
Eu sei que as plantas me vigiam do jardim
as luzes querem me ofuscar
eu só quero que essa luz me cegue
nem cinco minutos guardados dentro de cada cigarro
não há pára-brisa pra limpar, nem vidros no teu carro
o meu corpo não quer descansar
não há guarda chuva contra o amor
o teu perfume quer me envenenar
minha mente gita como um ventilador
a chama do teu isqueiro quer incendiar a cidade
teus pés vão girando igual aos da porta estandarte
tanto faz qual é a cor da sua blusa
tanto faz a roupa que você usa
faça calor ou faça frio
é sempre carnaval no Brasil
Eu estou no meio da rua
Você está no meio de tudo
O teu relógio quer acelerar,
quer apressar os meus passos
não há pára-raio contra o que vem de baixo
tanto faz qual é a cor da sua blusa
tanto faz a roupa que você usa
faça calor ou faça frio
é sempre carnaval no Brasil

---
Flores (Titãs)
Olhei até ficar cansado
De ver os meus olhos no espelho
Chorei por ter despedaçado
As flores que estão no canteiro
Os pulsos e os punhos cortados
E o resto do meu corpo inteiro
Há flores cobrindo o telhado
E embaixo do meu travesseiro
Há flores por todos os lados
Há flores em tudo que eu vejo
A dor vai curar essas lástimas
O soro tem gosto de lágrimas
As flores tem cheiro de morte
A dor vai fechar esses cortes
As flores de plástico não morrem

---

As frô de prástico num morri... Hehehe... Falou galera.



- Postado por: mutante às 16h10
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Novo layout e Poemas interessantes 16

Estréia hoje o novo template do blog. Escolhi um que combinasse. 
Agradeço ao Cleber por me ajudar colocá-lo.
Secos e Molhados - Sangue Latino
Jurei mentiras e sigo sozinho, assumo os pecados  
Os ventos do norte não movem moinhos  
E o que me resta é só um gemido 
Minha vida, meus mortos, meus caminhos tortos, 
Meu sangue latino, minha alma cativa 
Rompi tratados, traí os ritos  
Quebrei a lança, lancei no espaço 
Um grito, um desabafo  
E o que me importa é não estar vencido  
Minha vida, meus mortos, meus caminhos tortos,
Meu sangue latino.
---
Secos e Molhados - PatrÃo Nosso De Cada Dia
by João Ricardo - Secos E Molhados

EU QUERO O AMOR 
DA FLOR DE CACTUS
ELA NÃO QUIS

EU DEI-LHE A FLOR
DE MINHA VIDA
VIVO AGITADO

EU JÁ NÃO SEI SE SEI
DE TUDO OU QUASE TUDO
EU SÓ SEI DE MIM 
DE NÓS
DE TODO O MUNDO

EU VIVO PRESO 
A SUA SENHA
SOU ENGANADO

EU SOLTO O AR 
NO FIM DO DIA
PERDI A VIDA

EU JÁ NÃO SEI SE SEI
DE NADA OU QUASE NADA

EU SÓ SEI DE MIM
SÓ SEI DE MIM
SÓ SEI DE MIM

PATRÃO NOSSO
DE CADA DIA
DIA APÓS DIA
---
Secos e molhados era a antiga banda do Ney Matogrosso. Muito bom.
Falou galera!


- Postado por: mutante às 17h49
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Poemas interessantes 15

Coração Tranqüilo(Walter Franco)

Tudo é uma questão de manter
A mente quieta,
A espinha ereta
E o coração tranqüilo

----

Serra do Luar(Walter Franco)

Amor vim te buscar em pensamento
Cheguei agora no vento
Amor não chora de sofrimento
Cheguei agora no vento
Eu só voltei pra te contar
Viajei, fui pra serra do luar
Eu mergulhei, ai, eu quis voar
Agora vem, vem pra terra descansar

Viver é afinar o instrumento
De dentro pra fora
De fora pra dentro
A toda hora, a todo momento
De dentro pra fora
De fora pra dentro

A toda hora, a todo momento
De dentro pra fora
De fora pra dentro
A toda hora, a todo momento
De dentro pra fora
De fora pra dentro

---

Canalha(Walter Franco)

É uma dor canalha
Que te dilacera
É um grito que se espalha
Também pudera
Não tarda nem falha
Apenas te espera
Num campo de batalha
É um grito que se espalha
É uma dor
Canalha

---

Walter Franco é um Gênio Incompreendido... Quem quiser saber mais sobre ele , http://sites.uol.com.br/walterfranco/walter.html .Site Oficial

Falou galera... Se bobiar eu passo aqui mais uma vez hoje...



- Postado por: mutante às 14h15
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Poemas interessantes 14

Álvaro de Campos(Fernando Pessoa)

Todas as Cartas de Amor são Ridículas 

Todas as cartas de amor são 
Ridículas. 
Não seriam cartas de amor se não fossem 
Ridículas.

Também escrevi em meu tempo cartas de amor,  
Como as outras, 
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,  
Têm de ser 
Ridículas.

Mas, afinal, 
Só as criaturas que nunca escreveram  
Cartas de amor  
É que são 
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia 
Sem dar por isso
Cartas de amor 
Ridículas.

A verdade é que hoje  
As minhas memórias  
Dessas cartas de amor  
É que são 
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas, 
Como os sentimentos esdrúxulos, 
São naturalmente 
Ridículas.)

----

José Nêumanne Pinto - Vamos beber à tarde?

Nada como uma sinfonia de Beethoven,
um lápis, um papel, um copo, uma tarde.
Beije nos lábios o sonho
e deixe-o passar assim dormente. 

Sopre no ouvido o espanto
e deixe-o viver assim dolente.

----

Jose Nêumanne Pinto - Picasso andaluz


Guernica
África
Hiroxima
meu amor.
Meu coração
sepultado
pela bomba H
pela bomba azul 

junto às cinzas
de um templo vago
o relógio espiritual dos séculos. 

Estranha esta necessidade de ser carne e música.

---

Flw galera...


 



- Postado por: mutante às 18h29
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Poemas interessantes 13

Thiago de Mello - Os Estatutos do Homem
Artigo I
Fica decretado que agora vale a verdade.
agora vale a vida,
e de mãos dadas,
marcharemos todos pela vida verdadeira.

Artigo II
Fica decretado que todos os dias da semana,
inclusive as terças-feiras mais cinzentas,
têm direito a converter-se em manhãs de domingo.

Artigo III
Fica decretado que, a partir deste instante,
haverá girassóis em todas as janelas,
que os girassóis terão direito
a abrir-se dentro da sombra;
e que as janelas devem permanecer, o dia inteiro,
abertas para o verde onde cresce a esperança.

Artigo IV
Fica decretado que o homem
não precisará nunca mais
duvidar do homem.
Que o homem confiará no homem
como a palmeira confia no vento,
como o vento confia no ar,
como o ar confia no campo azul do céu.

Parágrafo único:
O homem, confiará no homem
como um menino confia em outro menino.

Artigo V
Fica decretado que os homens
estão livres do jugo da mentira.
Nunca mais será preciso usar
a couraça do silêncio
nem a armadura de palavras.
O homem se sentará à mesa
com seu olhar limpo
porque a verdade passará a ser servida
antes da sobremesa.

Artigo VI
Fica estabelecida, durante dez séculos,
a prática sonhada pelo profeta Isaías,
e o lobo e o cordeiro pastarão juntos
e a comida de ambos terá o mesmo gosto de aurora.

Artigo VII
Por decreto irrevogável fica estabelecido
o reinado permanente da justiça e da claridade,
e a alegria será uma bandeira generosa
para sempre desfraldada na alma do povo.

Artigo VIII
Fica decretado que a maior dor
sempre foi e será sempre
não poder dar-se amor a quem se ama
e saber que é a água
que dá à planta o milagre da flor.

Artigo IX
Fica permitido que o pão de cada dia
tenha no homem o sinal de seu suor.
Mas que sobretudo tenha
sempre o quente sabor da ternura.

Artigo X
Fica permitido a qualquer pessoa,
qualquer hora da vida,
uso do traje branco.

Artigo XI
Fica decretado, por definição,
que o homem é um animal que ama
e que por isso é belo,
muito mais belo que a estrela da manhã.

Artigo XII
Decreta-se que nada será obrigado
nem proibido,
tudo será permitido,
inclusive brincar com os rinocerontes
e caminhar pelas tardes
com uma imensa begônia na lapela.

Parágrafo único:
Só uma coisa fica proibida:
amar sem amor.

Artigo XIII
Fica decretado que o dinheiro
não poderá nunca mais comprar
o sol das manhãs vindouras.
Expulso do grande baú do medo,
o dinheiro se transformará em uma espada fraternal
para defender o direito de cantar
e a festa do dia que chegou.

Artigo Final.
Fica proibido o uso da palavra liberdade,
a qual será suprimida dos dicionários
e do pântano enganoso das bocas.
A partir deste instante
a liberdade será algo vivo e transparente
como um fogo ou um rio,
e a sua morada será sempre
o coração do homem.

---

Esse poema apareceu na propaganda do EcoSport há um tempo... Lembrei dele hoje e achei uma boa idéia colocar aqui...Falou galera.



- Postado por: mutante às 18h22
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Poemas interessantes 12

Poeminha de Louvor ao "Strip-tease" Secular - Millor Fernandes

Eu sou do tempo em que a mulher
Mostrar o tornozelo
Era um apelo!
Depois, já rapazinho, vi as primeiras pernas
De mulher
Sem saia;
Mas foi na praia!


A moda avança
A saia sobe mais
Mostra os joelhos
Infernais!
     
As fazendas
Com os anos
Se fazem mais leves
E surgem figurinhas
Em roupas transparentes
Pelas ruas:
Quase nuas.
E a mania do esporte
Trouxe o short.
O short amigo
Que trouxe consigo
O maiô de duas peças.
E logo, de audácia em audácia,
A natureza ganhando terreno
Sugeriu o biquíni,
O maiô de pequeno ficando mais pequeno
Não se sabendo mais
Até onde um corpo branco
Pode ficar moreno.

Deus,
A graça é imerecida,
Mas dai-me ainda
Uns aninhos de vida!

----

Procissão(Gilberto Gil) 

        
Olha lá vai passando a procissão 
Se arrastando que nem cobra pelo chão 
As pessoas que nela vão passando 
Acreditam nas coisas lá do céu 
As mulheres cantando tiram versos 
Os homens escutando tiram o chapéu 
Eles vivem penando aqui na terra 
Esperando o que Jesus prometeu 

E Jesus prometeu vida melhor 
Pra quem vive nesse mundo sem amor 
Só depois de entregar o corpo ao chão 
Só depois de morrer neste sertão 
Eu também tô do lado de Jesus 
Só que acho que ele se esqueceu 
De dizer que na terra a gente tem 
De arranjar um jeitinho pra viver 

Muita gente se arvora a ser Deus 
E promete tanta coisa pro sertão 
Que vai dar um vestido pra Maria 
E promete um roçado pro João 
Entra ano, sai ano, e nada vem 
Meu sertão continua ao deus-dará 
Mas se existe Jesus no firmamento 
Cá na terra isto tem que se acabar

----

Não sei se acabo com essa série de poemas e procuro outras coisas... Só não sei o que...??(errrr).

Falou galera.



- Postado por: mutante às 15h17
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




"Você pega o trem azul..."

O TREM AZUL

Coisas que a gente se esquece de dizer
Frases que o vento vem às vezes me lembrar
Coisas que ficaram muito tempo por dizer
Na canção do vento não se cansam de voar
Você pega o trem azul
O sol na cabeça
O sol pega o trem azul
Você na cabeça
O sol na cabeça
Você pega o trem azul
O sol na cabeça
O sol pega o trem azul
Você na cabeça
O sol na cabeça

---

TUDO QUE VOCÊ PODIA SER
Com sol e chuva você sonhava
Que ia ser melhor depois
Você queria ser o grande herói das estradas

Tudo que você queria ser

Sei um segredo você tem medo
Só pensa agora em voltar
Não fala mais na bota e do anel de Zapata
Tudo que você devia ser   sem medo
E não se lembra mais de mim
Você não quis deixar que eu falasse de tudo
Tudo que você podia ser    na estrada

Ah! Sol e chuva na sua estrada
Mas não importa não faz mal
Você ainda pensa e é melhor do que nada
Tudo que você consegue ser    ou nada
Não importa não faz mal...

----

Hehehe... Ê trem bão , sô!!!

 



- Postado por: mutante às 08h39
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Foto da galera...

Aqui vai a foto da galera do Objetivo. Não tem o Álvaro e a Milena pq eles entraram esse ano e tbm d Marcelo pq no dia da foto ele faltou...(errrr)

1- Eu , mutatis mutante(Bruno)

2-Arthur Rabbit

3-Eduardo "Japa"

4-Lucas Caga Timbolo Fecal

5-Samuel

6- Guerra

7-Will , ou b!nh0 c@r0 para os amigos virtuais

8-José Ricardo

9-Yuri "Dumbo" Moraes

---

Os outros números não temos avatares , foi no tempo AC(antes da catástrofe)...



- Postado por: mutante às 11h56
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Poemas interessantes 11

Errando no Museu Picasso - Affonso Romano de Sant'anna

Picasso
         erra
quando pinta
                e erra
quando ama.

Mas quando erra,
                     erra
violenta e
generosamente,
                   erra
com exuberante
arrogância,
             erra
como o touro erra
seu papel de vítima,
sangrando
quem, por muito amar, fere
e sai ovacionado
com banderilhas na carne.

Pintor do excesso
                      e exuberância,
Picasso
          é extravagância.
Ele erra,
          mas nele,
                      o erro
mais que erro
              - é errância.

----

O Duplo-Affonso Romano de Sant'anna


Debaixo de minha mesa
tem sempre um cão faminto
-que me alimenta a tristeza.
Debaixo de minha cama
tem sempre um fantasma vivo
-que perturba quem me ama.

Debaixo de minha pele
alguém me olha esquisito
-pensando que eu sou ele.

Debaixo de minha escrita
há sangue em lugar de tinta
-e alguém calado que grita.

----

Conjugação-Affonso Romano de Sant'anna


Eu falo
tu ouves
ele cala.
Eu procuro
tu indagas
ele esconde.

Eu planto
tu adubas
ele colhe.

Eu ajunto
tu conservas
ele rouba.

Eu defendo
tu combates
ele entrega.

Eu canto
tu calas
ele vaia.

Eu escrevo
tu me lês
ele apaga.

----

Não conhecia esse poeta até ontem , só de nome... Descobri que seus poemas são muito bons! Tem mais hoje ainda...



- Postado por: mutante às 11h38
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Poemas para a amiga (Parte 2)

Poemas para a Amiga
(Fragmento 6)


Estás partindo de mim
e eu pressinto que me partes,
e partindo, em ti me vai levando,
como eu que fico
e em mim vou te criando.
Tanto mais tu me despedes
e te alongas,
tanto mais em mim vou te buscando
e me alongando,
tanto mais em mim vou te compondo
e com a lembrança de teu ser
me conformando.

Estás partindo de mim
e eu pressinto
na verdade, há muito que partias,
há muito que eu consinto
que tu partas como um mito..

Mas não és a única que partes
nem eu o único que fico:
sei que juntos e contrários
nos partimos:
-pois tanto mais nos desencontros nos revemos,
tanto mais nas despedidas consentimos.
-----

Poemas para a Amiga
(Fragmento 7)


Estranho e duro amor
é o nosso amor, amante-amiga,
que não se farta de partir-se
e não se cansa de querer-se.
Amor
todo feito de distâncias necessárias
que te trazem
e de partidas sucessivas
que me levam.
Que espécie de amor
é esse amor que nos doamos
sem pensar e sem querer com tanto amor
e tão profundo magoar?
Estranho e duro amor
que não se basta
e de outros amores se socorre
e se compensa
e neste alheio compensar-se
nunca se alimenta,
mas se avilta e se desgasta.

Estranho amor,
ferino amor,
instável amor

feito sem muita paz,
com certo desengano
e um desconsolo prolongado.

Feito de promessas sem futuro
e de um presente de saudades.
Chorar tão dúbio amor
quem há-de?

Estranho amor
e duro amor
incerto amor,

que não te deu o instante que esperavas
e a mim me sobejou do que faltava.

------

Poemas para a Amiga
(Fragmento 8)


Contemplo agora
o leito que vazio
se contempla.
Contemplo agora
o leito que vazio
em mim se estende
e se me aproximo
existe qualquer coisa
trescalando aroma em mim.
Onde o teu corpo, amante-amiga,
onde o carinho
que compungido em recebia
e aquela forma que tranquila
ainda ontem descobrias?

Agora eu te diria
o quanto te agradeço o corpo teu
se o me dás ou se o me tomas,
e o recolhendo em mim,
em mim me vais colhendo,
como eu que tomo em ti
o que de ti me vais doando.

Eu muito te agradeço este teu corpo
quando nos leitos o estendias e o me davas,
às vezes, temerosa,
e, ofegante, `as vezes,
e te agradeço ainda aquele instante ( o percebeste)
em que extasiado ao contemplá-lo
em mim me conturbei
-( o percebeste) me aguardaste
e nos olhos te guardei.

Eu muito te agradeço, amante-amiga,
este teu corpo que com fúria eu possuía,
corpo que eu mais amava
quanto mais o via,
pequeno e manso enigma
que eu decifrei como podia.

Agora eu te diria
o que não soubeste
e nunca o saberias:
o que naquele instante eu te ofertava
nunca a mim eu já doara
e nunca o doaria.

Nele eu fui pousar
quando cansado e dúbio,
dele eu fui tomar
quando ofegante e rubro,
dele e nele eu revivia
e foi por ele que eu senti
a solidão, e o amor
que em mim havia.

Teu corpo quando amava
me excedia,
e me excedendo
com o amor foi me envolvendo,
e nesse amor absorvente
de tal forma absorvendo,
que agora que o não tenho
não sei como permaneço nesta ausência
em que tuas formas se envolveram,
tanto o amor
e a forma do teu corpo
no meu corpo se inscreveram.
-----

Lindo não acham... De que seriam as pessoas sem seus amigos?!?!? Daqui a pouco tem mais coisas...



- Postado por: mutante às 11h34
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Poemas para a amiga(Parte 1)

Poemas para a amiga - Affonso Romano de Sant'anna
(Fragmento 1)

"O amor com seus contrários se acrescenta”
Camões



Tu sempre foste una
e sempre foste minha,
ainda quando a cor e a forma tua se fundiam
com outra forma e cor que tu não tinhas.
Por isto é que te falo de umas coisas
que não lembras
nem nunca lembrarias
de tais coisas entre mim e ti
ainda quando tu não me sabias
e dividida em outras te mostravas
e assim dispersa me ouvias.

Tu sempre foste uma
ainda quando o corpo teu
com outro corpo a sós se punha,
pois o que me tinhas a dar
a outro nunca o deste
e nunca o doarias.

Por isto é que te sinto
com tanta intimidade
e te possuo com tanta singeleza
desde quando recém vinda
ostentavas nos teus olhos grande espanto
de quem não compreendia
a antiguidade desse amor que em mim fluía.

Poemas para a Amiga
(Fragmento 2)


Eu sei quando te amo:
é quando com teu corpo eu me confundo,
não apenas nesta mistura de massa e forma,
mas quando na tua alma eu me introduzo
e sinto que meu sangue corre em ti,
e tudo que é teu corpo
não é que um corpo meu
que se alongou de mim.
Eu sei quando te amo:
é quando eu te apalpo e não te sinto,
e sinto que a mim mesmo então me abraço,
a mim
que amo e sou um duplo,
eu mesmo
e o corpo teu pulsando em mim.

Poemas para a Amiga
(Fragmento 3)


É tão natural
que eu te possua
é tão natural que tu me tenhas,
que eu não me compreendo
um tempo houvesse
em que eu não te possuísse
ou possa haver um outro
em que eu não te tomaria.
Venhas como venhas,
é tão natural que a vida
em nossos corpos se conflua,
que eu já não me consinto
que de mim tu te abstenhas
ou que meu corpo te recuse
venhas quando venhas.

E de ser tão natural
que eu me extasie
ao contemplar-te,
e de ser tão natural
que eu te possua,
em mim já não há como extasiar-me
tanto a minha forma
se integrou na forma tua.

-----

Amanhã eu continuo a série... quem me conhece sabe a quem eu me refiro... Falou Galera.



- Postado por: mutante às 21h59
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Poemas interessantes 10

Se - Haroldo de Campos


se

nasce

morre nasce

morre nasce morre

renasce remorre renasce

remorre renasce

remorre

re

re

desnasce

desmorre desnasce

desmorre desnasce desmorre

nascemorrenasce

morrenasce

morre

se

------

TEMPO NO TEMPO (Once Was A Time I Thought)
(J. Philips / Versão: Mutantes)
Há sempre um tempo no tempo
Que o corpo do homem apodrece
Sua alma cansada, penada, se afunda no chão
E o bruxo do luxo baixando o capucho
Chorando no nicho capacho do lixo
Caprichos não mais voltarão
Já houve um tempo em que o tempo parou de passar
E um tal de homo sapiens não soube disso aproveitar
Chorando, sorrindo, falando em calar
Pensando em pensar quando o tempo parar de passar
Mas se entre lágrimas você se achar e pensar
Que está a chorar
Esse era o tempo em que o tempo é!!
 
----
Mutantes rlz!!! Falou galera , por hoje é só...


- Postado por: mutante às 22h21
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Poemas interessantes 9

As Rosas Não Falam
Cartola

Bate outra vez
Com esperanças o meu coração
Pois já vai terminando o verão enfim

Volto ao jardim
Com a certeza que devo chorar
Pois bem sei que não queres voltar para mim

Queixo-me às rosas, mas que bobagem
As rosas não falam
Simplesmente as rosas exalam
O perfume que roubam de ti

Devias vir
Para ver os meus olhos tristonhos
E, quem sabe, sonhava meus sonhos
Enfim.

-------

Perguntas de um trabalhador que lê

Quem construiu Tebas, a das sete portas?
Nos livros vem o nome dos reis,
Mas foram os reis que transportaram as pedras?
Babilônia, tantas vezes destruída,
Quem outras tantas a reconstruiu? Em que casas
Da Lima Dourada moravam seus obreiros?
No dia em que ficou pronta a Muralha da China para onde
Foram os seus pedreiros? A grande Roma
Está cheia de arcos de triunfo. Quem os ergueu? Sobre quem
Triunfaram os Césares? A tão cantada Bizâncio
Sò tinha palácios
Para os seus habitantes? Até a legendária Atlântida
Na noite em que o mar a engoliu
Viu afogados gritar por seus escravos.

O jovem Alexandre conquistou as Índias
Sozinho?
César venceu os gauleses.
Nem sequer tinha um cozinheiro ao seu serviço?
Quando a sua armada se afundou Filipe de Espanha
Chorou. E ninguém mais?
Frederico II ganhou a guerra dos sete anos
Quem mais a ganhou?

Em cada página uma vitória.
Quem cozinhava os festins?
Em cada década um grande homem.
Quem pagava as despesas?

Tantas histórias
Quantas perguntas

-------

Esse último não sei quem é o autor , foi postado pelo thiberardo lá no fórum de Civilization... E o segundo de ontem é do Drummond , esqueci de citar...



- Postado por: mutante às 19h23
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Poemas interessantes 8

Rosa de Hiroshima
Vinícius de Moraes

Pensem nas crianças
Mudas telepáticas
Pensem nas meninas
Cegas inexatas
Pensem nas mulheres
Rotas alteradas
Pensem nas feridas
Como rosas cálidas
Mas, oh, não se esqueçam
Da rosa da rosa
Da rosa de Hiroshima
A rosa hereditária
A rosa radioativa
Estúpida e inválida
A rosa com cirrose
A anti-rosa atômica
Sem cor sem perfume
Sem rosa sem nada

----

Caso pluvioso

A chuva me irritava. Até que um dia
descobri que maria é que chovia.

A chuva era maria. E cada pingo
de maria ensopava o meu domingo.

E meus ossos molhando, me deixava
como terra que a chuva lavra e lava.

Eu era todo barro, sem verdura...
maria, chuvosíssima criatura!

ela chovia em mim em cada gesto,
pensamento, desejo, sono, e o resto.

Era chuva fininha e chuva grossa,
matinal e noturna, ativa...Nossa!

Não me chovas, maria, mais que o justo
chuvisco de um momento, apenas susto.

Não me inundes de teu líquido plasma,
não sejas tão aquático fantasma!

Eu lhe dizia – em vão – pois que maria
quanto mais eu rogava, mais chovia.

E chuveirando atroz em meu caminho,
o deixava banhado em triste vinho,

que não aquece, pois água de chuva
mosto é de cinza, não de boa uva.

Chuvadeira maria, chuvadonha,
Chuvinhenta, chuvil, pluvimedonha!

Eu lhe gritava: Pára! E ela, chovendo,
poços d’água gelado ia tecendo.

Choveu tanto maria em minha casa
que a correnteza forte criou asa

e um rio se formou, ou mar, não sei,
sei apenas que nele me afundei.

E quanto mais as ondas me levavam,
as fontes de maria mais chuvavam,

de sorte que com pouco, e sem recurso,
as coisas se lançaram no seu curso,

e era o mundo molhado e sovertido
sob aquele sinistro e atro chuvisco.

Os seres mais estranhos se juntando
na mesma aquosa pasta iam clamando

contra essa chuva, estúpida e mortal
catarata (jamais houve outra igual).

Anti-petendamcânticos se ouviram.
Que nada! As cordas d’água mais deliram,

e maria, torneira desatada,
mais se dilata em sua chuvarada.

Os navios soçobram. Continentes
já submergem com todos os viventes,

e maria chovendo. Eis que a essa altura,
Delida e fluida a humana enfibratura,

e a terra não sofrendo tal chuvência,
comoveu-se a Divina Providência,

e Deus, piedoso e enérgico, bradou:
Não chove mais, maria! – e ela parou.



- Postado por: mutante às 19h41
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Hey Joe...

JIMI HENDRIX...

hey joe
onde é que você vai
com essa arma aí na mão
hey joe
esse não é o atalho
pra sair dessa condição
dorme com tiro acorda ligado
tiro que tiro trik-trak boom
para todo lado
meu irmão, é só desse jeito
consegui impor minha moral
eu sei que sou caçado
e visto sempre como um animal
sirene ligada os homi
chegando trik-trak
boom boom
mas eu vou me mandando
hey joe
assim você não curte o brilho
intenso da manhã
acorda com tiro dorme com tiro
hey joe
o que o teu filho vai pensar
quando a fumaça baixar
fumaça de fumo
fogo de revóver
e é assim que eu faço eu faço
eu faço, eu faço a minha história
meu irmão, aqui estou por causa dele
e vou te dizer
talvez eu não tenha vida
mas é assim que vai ser
armamento pesado
corpo fechado
menos de 5% dos caras do local
são dedicados a alguma atividade marginal
e impressionam quando aparecem nos jornais
tapando a cara com trapos
com uma uzi na mão
parecendo árabes do caos.
sinto muito cumpadi
mas é burrice pensar
que esses caras
é que são os donos da biografia
já que a grande maioria
daria um livro por dia
sobre arte, honestidade e sacrifício
-------
Falou galera... Por hoje é só...
PS:Peguei a versão do Rappa... não sei se é msm a certa...


- Postado por: mutante às 17h24
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Bois também andam de Skate...

Avril Lavigne - Sk8ter Boy (tradução)
by Avril Lavigne

Ele era um garoto, ela era uma garota
Não há nada mais óbvio
Ele era um moleque, ela fazia balé
O que mais eu posso dizer?
Ele queria ficar com ela
Ela jamais contaria, mas também queria ficar com ele
Mas as amigas dela empinaram o nariz
Porque não gostavam das roupas largas dele

Ele era skatista, ela o mandou pastar
Ele não era bom o bastante para ela
Ela tinha um rosto bonito, mas estava com a cabeça
nas nuvens
Precisava voltar pra terra

5 anos depois, ela está em casa
Dando comida para o bebê, está sozinha
Ela liga a tv e quem ela vê?
Vê o skatista na MTV
Ela liga para as amigas, elas já estão sabendo
e já compraram ingressos para o show dele
Ela vai junto, se mistura à multidão
e olha para o homem que ela rejeitou

Ele era skatista, ela o mandou pastar
Ele não era bom o bastante para ela
Agora ele é um astro, tocando guitarra
Seu rosto bonito está vendo o quanto ele vale?
Ele era skatista, ela o mandou pastar
Ele não era bom o bastante para ela
Agora ele é um astro, tocando guitarra
Seu rosto bonito está vendo o quanto ele vale?

Desculpa, garota, mas você se deu mal
Azar o seu, o garoto agora é meu
Somos mais que bons amigos e é assim que a história termina
Foi pena você não ter visto o homem que esse garoto
poderia se tornar
Há coisas que os olhos não vêem
Eu vejo a alma dele

Ele é só um garoto, eu sou só uma garota
Não há nada mais óbvio
Estamos apaixonados
Você não soube que abalamos o mundo um do outro?

Estou com o skatista, eu disse "até logo"
vou estar no camarim depois do show
Vou estar no estúdio cantando a música
que compusemos
Sobre uma garota que você conhecia
Estou com o skatista, eu disse "até logo"
Vou estar no camarim depois do show
Vou estar no estúdio cantando a música
que compusemos
Sobre uma garota que você conhecia

--

Aonde o boi faz um backflip , a vaca faz um manual...

 



- Postado por: mutante às 17h11
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




"You Oughta Know..."

A gata que morre sete...

Alanis Morissette - Hands Clean (tradução)


Se não fosse por sua maturidade nada disso teria acontecido
Se você não fosse tão mais sábio do que a sua idade eu não teria
sido capaz de me controlar
Se não fosse por minha atenção você não teria sido bem sucedido
e
Se não fosse por mim você nunca teria significado tanto

Ooh isso poderia ser confuso
Mas você não parece se importar
Ooh não vá contando para todo mundo
E omita este suposto crime

Nós iremos adiar para alguns anos mais tarde
E ninguém sabe exceto nós dois
E eu tenho respeitado seu pedido de silêncio
E você tem lavado suas mãos limpas quanto a isso

Você é essencialmente um empregado e eu gosto de ter você
dependendo de mim
Você é meio que meu protegido e um dia você dirá que aprendeu
tudo o que você sabe comigo
Eu sei que você depende de mim como um jovem dependeria de um
guardião
Eu sei que você me sexualiza como um jovem faria e eu acho que
gosto disso

Ooh isso poderia ficar confuso
Mas você parece não se importa
Ooh não vá contando para todo mundo
E omita este suposto crime

Nós iremos adiar para alguns anos mais tarde
E ninguém sabe exceto nós dois
É mais do que respeitar seu pedido de silêncio
E você tem lavado suas mãos limpas quanto a isso

Qual parte de nossa história foi reinventada e varrida para
baixo do tapete?
Qual parte de sua memória é seletiva e tende a esquecer?
O que com esse distância parece tão óbvio?

Apenas certifique-se que não dirá de mim especialmente para
membros de sua família
É melhor nós guardarmos isso com nós mesmos e não dizer a nenhum
membro do nosso círculo íntimo
Eu queria poder contar ao mundo porque você é uma gracinha
quando você está embrulhado adequadamente
Eu devo querer casar com você um dia se você ter cuidado com
esse peso e manter seu corpo durinho

Ooh isso poderia ser confuso e
Ooh eu pareço não me importar
Ooh não vá contando para todo mundo
E omita esse suposto crime

Nós iremos adiar para alguns anos mais tarde
E ninguém sabe exceto nós dois
E eu tenho respeitado seu pedido de silêncio
E você tem lavado suas mãos limpas quanto a isso

Ooh isso poderia ficar confuso
Ooh eu pareço não me importar
Ooh não vá contando para todo mundo
E omita esse suposto crime

Nós iremos adiar para alguns anos mais tarde
E ninguém sabe exceto nós dois
E eu tenho respeitado seu pedido de silêncio
E você tem lavado suas mãos limpas quanto a isso

------

Por isso , lavem as mãos...

 



- Postado por: mutante às 17h09
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




O Tempo não pára...

Cazuza-  O Tempo não pára

Disparo contra o sol
Sou forte, sou por acaso
Minha metralhadora cheia de mágoas
Eu sou um cara
Cansado de correr na direção contrária
Sem pódio de chegada
Ou beijo de namorada
Eu sou mais um cara
Mas se vc achar que eu estou derrotado
Saiba que ainda estão rolando os dados
Porque o tempo, o tempo não pára
Dias sim, dias não
Eu vou sobrevivendo sem um arranhão
Da caridade de quem me detesta

A tua piscina está cheia de ratos
Suas idéias não correspondem aos fatos
O tempo não pára
Eu vejo o futuro repetir o passado
Eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não pára, não pára não, não pára

Eu não tenho data pra comemorar
Às vezes os meus dias são de par em par
Procurando agulha no palheiro
Nas noites de frio é melhor nem nascer
Nas de calor se escolhe:
É matar ou morrer
E assim nos tornamos brasileiros
Te chamam de ladrão, de bicha, maconheiro
Transformam o país inteiro num puteiro
Pois assim se ganha mais dinheiro

----

Brasil

Não me convidaram
Pra essa festa pobre
Que os homem armaram
Pra me convencer
Apagar sem ver
Toda essa droga
Que já vem malhada
Antes de eu nascer
Não me ofereceram
Nem um cigarro
Fiquei na porta
Estacionando os carros
Não me elegeram
Chefe de nada
O meu cartão de crédito
É uma navalha
Brasil
Mostra tua cara
Quero ver quem paga
Pra gente ficar assim
Brasil
Qual é o teu negócio
O nome do teu sócio
Confia em mim
Não me convidaram
Pra essa festa pobre
Que os homens armaram
Pra me convencer
A pagar sem ver
Toda essa droga
Que já vem molhada
Antes de eu nascer
-------
É Cazuza ,você faz uma falta danada...


 



- Postado por: mutante às 21h59
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




A andorinha voou , voou , fez um ninho no meu chapéu...

Maria Rita - Cara Valente


Não, ele não vai mais dobrar
Pode até se acostumar
Ele vai ficar sozinho
Desaprendeu a dividir
Foi escolher o mau-me-quer
Entre o amor de uma mulher
E as certezas do caminho
Ele não pôde se entregar
E agora vai ter de pagar com o coração, olha lá
Ele não é feliz
Sempre diz
Que é do tipo cara valente
Mas, veja só
A gente sabe
Esse humor é coisa de um rapaz
Que sem ter proteção
Foi se esconder atrás
Da cara de vilão
Então, não faz assim, rapaz
Não bota esse cartaz
A gente não cai, não
Ê! Ê!
Ele não é de nada
Oiá!!!
Essa cara amarrada
É só
Um jeito de viver na pior
Ê! Ê!
Ele não é de nada
Oiá!!!
Essa cara amarrada
É só
Um jeito de viver nesse mundo de mágoas
------
Maria Rita - A Festa (Cifrada)
(Milton Nascimento)
JÁ FALEI TANTAS VEZES
DO VERDE DOS TEUS OLHOS
TODOS OS SENTIMENTOS ME TOCAM  A ALMA
ALEGRIA OU TRISTEZA
ESPALHANDO CAMPO NO CANTO NO GESTO
NO SONHO NA VIDA
MAS AGORA É BALANÇO
ESSA DANÇA NOS TOMA
ESSE SOM NOS ABRAÇA MEU AMOR
O TEU CORPO MORENO
VAI ABRINDO CAMINHOS
ACELERA MEU PEITO  NEM ACREDITO
NO SONHO QUE VEJO
E SEGUIMOS DANÇANDO  
UM BALANÇO MALANDRO
E TUDO RODANDO
PARECE QUE O MUNDO FOI FEITO PRA NÓS
NESSE SOM QUE NOS TOCA
ME ABRAÇA ME APERTA
ME PRENDE EM TUAS PERNAS
ME PRENDE ME FORÇA ME RODA ME ENCANTA
ME ENFEITA NUM BEIJO
POR DO SOL  E  AURORA 
NORTE SUL LESTE OESTE
LUA NUVENS ESTRELAS E A BANDA TOCA
PARECE MAGIA   E É PURA BELEZA
E ESSA MÚSICA SENTE E PARECE QUE A GENTE
SE ENROLA CORRENTE E TÃO DE REPENTE VOCE TEM A MIM

------
Falou galera , que eu vou é curtir o meu domingo...


- Postado por: mutante às 12h47
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Zzzzzzzzzz.... O mel chegou...

Kid Abelha - Pintura íntima

Vem amor que a hora é essa
Vê se entende a minha pressa
Não me diz que eu tô errado
Eu tô seco, eu tô molhado
Deixa as contas que no fim das contas
O que interessa prá nós é
Fazer amor de madrugada,amor com jeito de virada
Larga logo desse espelho
Não reparou que eu tô até vermelho
Tá ficando tarde no meu edredon
Logo o sono bate

---

Kid Abelha - Fixação

Seu rosto na tevê parece um milagre
Uma perfeição nos mínimos detalhes
Eu mudo o canal, eu viro a página
Mas você me persegue por todos os lugares
Eu vejo seu poster na folha central
Beijo sua boca te falo bobagens
Fixação, seus olhos no retrato
Fixação, minha assombração
Fixação, fantasmas no meu quarto
Fixação, I want be alone
Preciso de uma chance de tocar em você
Captar a vibração que sinto em sua imagem
Fecho os olhos pra te ver você nem percebe
Penso em provas de amor ensaio um show passional
Eu vejo seu poster na folha central
Beijo sua boca te falo bobagens
Fixação, seus olhos no retrato
Fixação, minha assombração
Fixação, fantasmas no meu quarto

------

Ainda tem mais hoje...



- Postado por: mutante às 12h43
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Malandragem...

Cássia Eller - E.C.T.

Tava com cara que carimba postais
Que por descuido abriu uma carta que voltou
Tomou um susto que lhe abriu a boca
Esse recado veio pra mim, não pro senhor
Recebo craque colante, dinheiro parco embrulhado
Em papel carbono e barbante
E até cabelo cortado, retrato de 3x4
Pra batizado distante
Mas, isso aqui, meu senhor,
É uma carta de amor

Levo o mundo e não vou lá
Levo o mundo e não vou lá
Levo o mundo e não vou lá
Levo o mundo e não vou...

Mas esse cara tem a língua solta
A minha carta ele musicou
Tava em casa, a vitamina pronta
Ouvindo no rádio a minha carta de amor
Dizendo: eu caso contente, papel passado e presente
Desembrulhado o vestido
Eu volto logo, me espera
Não brigue nunca comigo
Eu quero ver nosso filho
O professor me ensinou fazer uma carta de amor
Leve o mundo que eu vou já

----

Cássia Eller - Top Top

Lari... lari... lari... lari...

Eu vou sabotar, você vai se azarar
O que eu não ganho eu leso
Ninguém vai me gozar não jamais

Eu vou sabotar, vou casar com ele
Vou trepar na escada
Vou pintar seu nome no céu

Sabotagem
Sabotagem
Sabotagem
Eu quero é que você se top, top, top

Ninguém vai dizer que eu deixei barato
Vou me ligar em outra
Te dizer bye-bye-, até nunca, jamé

Sabotagem
Sabotagem
Sabotagem
Eu quero é que você se top, top, top

Larabara... é gol...
Lari... lari... lari... lari...
Lari... lari... lari... agagaga...gagau

Sabotagem
Sabotagem
Sabotagem
Eu quero é que você se top, top, top



- Postado por: mutante às 11h25
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




A Vovó Rita chegou...

Rita Lee - Flagra(no Escurinho Do Cinema)

No escurinho do cinema
Chupando drops de aniz
Longe de qualquer problema
Perto de um final feliz

Se a Deborah Kerr que o Gregory Peck
Não vou bancar o santinho
Minha garota é Mae West
Eu sou o Sheik Valentino

Mas de repente o filme pifou
E a turma toda logo vaiou
Acenderam as luzes, cruzes!
Que flagra!
Que flagra!
Que flagra!

----------

Rita Lee - Ritta Lee
by Mutantes
Ritta Lee foi passear
Vinte anos, namorar talvez
De azul e ela é infeliz
Suas mãos estão vazias
Por que estão tão frias?
Tanto amor pra dar
Ela quer ser feliz
Ela só quer seu par
Ritta Lee foi passear,
Ritta Lee vai encontrar o amor
Ritta Lee está a pensar ah...
Sonha um dia encontrar as mãos
E com as suas virão conversar
Mas serão mãos vazias
E irão ser frias
Com amor pra dar
Que queiram ser feliz,
Que queiram ser seu par

Ritta Lee está a girar ah...
Véu, arroz, igreja a rodar
De azul, como é bonito amar
Suas mãos não estão vazias,
Nem serão mais frias
Quanto amor pra amar
Ela já é feliz
Ela encontrou seu par.



- Postado por: mutante às 11h19
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Ozzy!!!!

Ozzy!!!!!!!!

Black Sabbath

Changes:


Sinto-me infeliz, e tão triste,
Perdi a pessoa mais amiga que já tive,
Era a minha mulher; Eu a amava tanto,
Agora é tarde demais, tive de deixa-la ir
Estou fazendo mudanças
Estou fazendo mudanças

Através dos anos dividimos cada dia,
Juntos e apaixonados encontramos um caminho,
Mas logo o mundo nos mostrou sua face maldosa,
Meu coração ficou cego,
O amor se desviou
Estou fazendo mudanças
Estou fazendo mudanças

Levou tanto tempo para acontecer,
Ainda posso ouvir suas despedidas,
Agora, todos os meus dias se enchem de lágrimas
Desejaria poder voltar e mudar todos aqueles anos
Estou fazendo mudanças
Estou fazendo mudanças

É meus amigos , Ozzy não é só o pai daquela coisa...

 



- Postado por: mutante às 12h44
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Kurt não morreu!!!!

 Kurt...

Nirvana - Smells Like Teen Spirit - Tradução
by Nirvana

CHEIRA A ESPÍRITO JOVEM 

Arme-se e
Traga seus amigos
É divertido perder
E fingir
Ela está perdida
Mas com certeza
Oh não, eu sei
Um palavrão 

{Chorus}
Olá, Olá, Olá, que baixaria
Olá, Olá, Olá, que baixaria
Olá, Olá, Olá, que baixaria
Olá, Olá, Olá, que baixaria
Quando as luzes estão apagadas
É menos perigoso
Aqui estamos agora
Entretenha-nos
Sinto-me estúpido e contagioso
Aqui estamos
Entretenha-nos
Um mulato
Um albino
Um mosquito
Minha libido
Yeah

Sou pior no que faço melhor
E por este presente e eu me sinto abençoado
Nosso grupinho sempre foi
E sempre será até o fim

{chorus}

E eu esqueço
O que provo
Oh yeah, acho que me faz sorrir
Achei duro
É duro de achar
Bem, que seja, não se preocupe

Olá, Olá, Olá, que baixaria
Olá, Olá, Olá, que baixaria
Olá, Olá, Olá, que baixaria
Olá, Olá, Olá, que baixaria
Quando as luzes estão apagadas
É menos perigoso
Aqui estamos
Entretenha-nos
Sinto-me estúpido e contagioso
Aqui estamos
Entretenha-nos
Um mulato
Um albino
Um mosquito
Minha libido
Yeah uma recusa,
Uma recusa (9x)"


- Postado por: mutante às 12h38
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Come on baby ... Light my Fire!

This is the end...

Light My Fire(Acenda Meu Fogo)

Você sabe que não seria verdade
Você sabe que eu estaria sendo um mentiroso
Se dissesse a você
Garota, não podemos ficar mais doidos

Venha, baby, acenda meu fogo
Venha, baby, acenda meu fogo
Vamos tentar incendiar a noite

O tempo de hesitar passou
Não há tempo de nadar na lama
Tente agora e só podemos peder
E nosso amor se tornará uma pira funerária

Venha, baby, acenda meu fogo
Venha, baby, acenda meu fogo
Vamos tentar incendiar a noite
----
Hehehe. As portas batem... e forte! :)


- Postado por: mutante às 18h31
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Hey Jude

 "Sgt Pepper Lonely Hearts Club Band"

Reverências à realeza , meninos... Letras em português dos Beatles...

Não meus amigos , isso não é LSD:

"Lucy No Céu Com Diamantes

Imagine-se em um barco num rio
Com árvores de tangerina e céus de marmelada
Alguém lhe chama, você responde lentamente
Uma garota com olhos de caleidoscópio
Flores de celofane amarelas e verdes
Crescendo por sobre sua cabeça
Procure a menina com o sol em seus olhos
E ela se foi
Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes

Segue-a até a ponte perto do bebedouro
Onde pessoas com cavalos de pau
Comem tortas de marshmelow
Todos sorriem
Enquanto você bóia passando as flores
Que crescem tão inacreditavelmente altas
Táxis de jornais aparecem na costa
Esperando para leva-lo embora
Sobe atrás
Com sua cabeça nas nuvens
E você se foi
Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes

Imagine-se em um trem na estação
Com carregadores de plasticina
Com gravatas espelhadas
De repente alguém está lá na catraca
A garota com olhos de caleidoscópio
Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes"

------

Enquanto Minha Guitarra Gentilmente Chora
(George Harrison)

Eu olho para vocês todos
Vejo o amor lá adormecido
Enquanto minha guitarra gentilmente chora
Eu olho para o chão e vejo que precisa varrer
Ainda minha guitarra gentilmente chora

Eu não sei porque ninguém lhe contou
Como desdobrar o seu amor
Eu não sei como alguém te controlou
Eles compraram e venderam você

Eu olho para o mundo e reparo que está girando
Enquanto minha guitarra gentilmente chora
Com cada engano estaremos certamente aprendendo
Ainda minha guitarra gentilmente chora

Eu não sei como você foi desviado
Você foi pervertido também
Eu não sei como você foi invertido
Ninguém te avisou

Eu olho para vocês todos
vejo o amor lá adormecido
Enquanto minha guitarra gentilmente chora
Eu olho para vocês todos vocês...
Ainda minha guitarra gentilmente chora

----

Mas que pena que o Sonho acabou... As duas guitarras se foram... Galera... hey hey my my , rock and roll will never dies , como já dizia Neil Young...



- Postado por: mutante às 18h21
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Portugal vs. Brasil

Hoje tava tendo uma aula de conotação e denotação e lembrei-me deste texto:

 

Como ser brasileiro em Lisboa sem dar (muito) na vista

Sim, eu sei que não será culpa sua, mas, se você desembarcar em Lisboa sem um bom domínio do idioma, poderá ver-se de repente em terríveis águas de bacalhau. Está vendo? Você já começou a não entender. O fato é que como dizia Mark Twain a respeito da Inglaterra e os Estados Unidos, também Portugal e Brasil são dois países separados pela mesma língua. Se não acredita, vejá só esses exemplos. (...)

Um casal brasileiro, amigo meu, alugou um carro e seguia tranqüilamente pela estrada Lisboa–Porto, quando deu de cara com um aviso: "Cuidado com as bermas". Eles ficaram assustados — que diabo seria uma berma? Alguns metros à frente, outro aviso: "Cuidado com as bermas". Não resistiram: pararam no primeiro posto de gasolina, perguntaram o que era uma berma e só respiraram tranqüilos quando souberam que berma era o acostamento.

Você poderá ter alguns probleminhas se entrar numa loja de roupas desconhecendo certas sutilezas da língua. Por exemplo, não adianta pedir para ver os ternos — peça para ver os fatos. Paletó é casaco. Meias são peúgas. Suéter é camisol — mas não se assuste, porque calcinhas femininas são cuecas. (Não é uma delícia?) Pelo mesmo motivo, as fraldas de crianças são chamadas cuequinhas de bebê. Atenção também para os nomes de certas utilidades caseiras. Não adianta falar em esparadrapo — deve-se dizer pensos. Pasta de dente é dentifrício. Ventilador é ventoinha. E no caso (gravíssimo) de você ter de tomar injeção na nádega, desculpe, mas eu não posso dizer porque é feio.

As maiores gafes de brasileiros em Lisboa acontecem (onde mais?) nos restaurantes, claro. Não adianta perguntar ao gerente do hotel onde se pode beliscar alguma coisa, porque ele achará que você está a fim de sair aplicando beliscões pela rua. Pergunto-lhe onde se pode petiscar.

Os sanduíches são particularmente enganadores: um sanduíche de filé é chamado de prego; cachorros-quentes são simplesmente cachorros.

E não se esqueça: um cafezinho é uma bica; uma média é um galão; e um chope é um imperial. E, pelo amor de Deus, não vá se chocar quando você tentar furar uma fila e alguém gritar lá de trás: "O gajo está a furar a bicha!" Você não sabia, mas em Portugal, chama-se fila de bicha. E não ria.

Ah, que maravilha o futebol em Portugal! Um goleiro é um guarda-redes. Só isso e mais nada. Os jogadores do Benfica usam camisola encarnada — ou seja, camisa vermelha. Gol é golo. Bola é esférico. Pênalti é penálti. Se um jogador se contunde em campo, o locutor diz que ele se aleijou, mesmo que se recupere com simples massagem. Gramado é relvado, muito mais poético, não é? (...)

Para se entender as crianças em Portugal, pedagogia não basta. É preciso traçar também uma outra lingüística. Para começar, não se diz criança mas miúdos. (Não confundir com miúdos de galinha, que lá são chamados de miudezas. Os miúdos das galinhas portuguesas são os pintos.) Quando o guri inferniza a vida do pai, este não o ameaça com o tradicional: "Dou-te uma coça" mas com "Dou-te uma tareia", ou então com o violentíssimo: "Eu chego-te a roupa à pele".

Um sujeito preguiçoso é um mandrião. Um indivíduo truculento é um matulão. Um tipo cabeludo é um gadelhudo. Quando não se gosta de alguém, diz-se: "Não gramo aquele gajo". Quando alguém fala mal de você e você não liga, deve dizer: "Estou-me nas tintas" ou então: "Estou-me marimbando". (...) Um homem bonito, que as brasileiras chamam de pão, é chamado pelas portuguesas de pessegão. E uma garota de fechar o comércio é, não sei por quê, um borrachinho.

Mas o pior equívoco em Portugal foi quando pifou a descarga da privada do meu quarto de hotel e eu telefonei para a portaria: "Podem me mandar um bombeiro para consertar a descarga da privada?" O homem não entendeu uma única palavra. Eu devia ter dito: "Ó pá, manda um canalizador para reparar o autoclisma da retrete."

Muito legal... e auto carro é ônibus , e paneleiro não é conjunto de panelas , é bicha...(gay)...

Falou galera...

 Esfera Armilar... "às armas , às armas , sobre a terra ou no mar..."



- Postado por: mutante às 22h07
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Nova edição dos avatares divertidos.

 Ace de Yuri!

 

Eles são coelhos , eles que se entendam...

 "Don´t Worry Be Happy!"

 "Olha o leite em pó!"

 Duduba Made In Japan

 

 Jon is american , born in Brazil...

  Companheiros ,quanto é 5+5=?Esperem , deixa eu contar nos dedos... 9!!

-----

Falou galera...

 



- Postado por: mutante às 15h36
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Mais MPB pra vocês...

Terra - Caetano Veloso(essa música é a música de abertura do Planeta Terra , da TV Cultura)

Quando eu me encontrava preso
Na cela de uma cadeia
Foi que eu vi pela primeira vez 
As tais fotografias
Em que apareces inteira
Porém lá não estavas nua
E sim coberta de nuvens
Terra, Terra
Por mais distante 
O errante navegante 
Quem jamais te esqueceria?
Ninguém supõe a morena 
Dentro da estrela azulada
Na vertigem do ciname 
Mando um abraço pra ti
Pequenina como se eu 
Fosse o saudoso poeta
E fosses a Paraíba
Terra, Terra,
Por mais distante 
O errante navegante
Quem jamais te esqueceria?
Eu estou apaixonado 
Por uma menina terra
Signo do elemento terra
Do mar se diz terra à vista
Terra para o pé firmeza
Terra para a mão carícia
Outros astros lhe são guia
Terra, Terra,
Por mais distante
O errante navegante
Quem, jamais, te esqueceria?
Eu sou um leão de fogo
Sem ti me consumiria
A mim mesmo eternamente
E de nada valeria
Acontecer de eu ser gente
E gente é outra alegria 
Diferente das estrelas
Terra, Terra, 
Por mais distante
O errante navegante
Quem, jamais, te esqueceria?
De onde num tempo num espaço 
Que a força mande coragem
Pra gente te dar carinho 
Durante toda a viagem
Que realizas ao nada
Através do qual carregas
O nome da tua carne
Terra, Terra,
Por mais distante
O errante navegante
Quem, jamais, te esqueceria?
Nas sacadas dos sobrados
Da velha São Salvador 
Há lembranças de donzelas
Do tempo do imperador 
Tudo tudo na Bahia 
Faz a gente querer bem 
A Bahia tem um jeito
Terra, Terra
Por mais distante 
O errante navegante
Quem, jamais, te esqueceria?
Terra...
-
Construção - Chico Buarque       
 
Amou daquela vez como se fosse a última
Beijou sua mulher como se fosse a última
E cada filho seu como se fosse o único
E atravessou a rua com seu passo tímido
Subiu a construção como se fosse máquina
Ergueu no patamar quatro paredes sólidas
Tijolo com tijolo num desenho mágico
Seus olhos embotados de cimento e lágrima
Sentou pra descansar como se fosse sábado
Comeu feijão com arroz como se fosse um príncipe
Bebeu e soluçou como se fosse um náufrago
Dançou e gargalhou como se ouvisse música
E tropeçou no céu como se fosse um bêbado
E flutuou no ar como se fosse um pássaro
E se acabou no chão feito um pacote flácido
Agonizou no meio do passeio público
Morreu na contramão atrapalhando o tráfego
Amou daquela vez como se fosse o último
Beijou sua mulher como se fosse a única
E cada filho seu como se fosse o pródigo
E atravessou a rua com seu passo bêbado
Subiu a construção como se fosse sólido
Ergueu no patamar quatro paredes mágicas
Tijolo com tijolo num desenho lógico
Seus olhos embotados de cimento e tráfego
Sentou pra descansar como se fosse um príncipe
Comeu feijão com arroz como se fosse máquina
Dançou e gargalhou como se fosse o próximo
E tropeçou no céu como se ouvisse música
E flutuou no ar como se fosse sábado
E se acabou no chão feito um pacote tímido
Agonizou no meio do passeio náufrago
Morreu na contramão atrapalhando o público
Amou daquela vez como se fosse máquina
Beijou sua mulher como se fosse lógico
Ergueu no patamar quatro paredes flácidas
Sentou pra descansar como se fosse um pássaro
E flutuou no ar como se fosse um príncipe
E se acabou no chão feito um pacote bêbado
Morreu na contramão atrapalhando o sábado
-
Percebam que na letra do Chico Buarque ele conseguiu fazer uma música com versos terminados por proparoxítonas.
Há pouquíssimas palavras proparoxítonas na língua portuguesa!
Lindo. Eu adoro MPB , como já disse.


- Postado por: mutante às 21h27
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Renato Russo , o último poeta pop do Brasil

Boomerang Blues- Renato Russo

Tudo o que você faz
Um dia volta pra você
Tudo o que você faz
Um dia volta pra você
E se você fizer o mal
Com o mal mais tarde você vai ter de viver

Não me entregue o seu ódio
Sua crise existencial
Preliminares não me atingem
O que interessa é o final
E não me venha com problemas
Sinta sozinho o seu mal

Por que tentar sertir demais?
E você só me usou
Eu tentava ajudar
E você só me queimou
Mas é errando que se aprende
Minha boa vontade se esgotou

Os aborígines na Austrália
Com o boomerang vão caçar
O boomerang vai e volta
E só fica quando consegue acertar
E eu sou como um boomerang
Quando eu acerto é pra matar

Como um boomerang tudo vai voltar
E a ferida que você me fez é em você que vai sangrar
Eu tenho cicatrizes
Mas eu não me importo não
Melhor do que asua ferida aberta
E o sangue ruim do seu coração

Eu só não entendo como fui cair
Dentro da sua teia e não tentei fugir
Me sinto mal lembrando o que aconteceu
Mas o boomerang agora é meu.

---

Mais Uma Vez(Renato Russo e Flávio Venturini)

Mas é claro que o sol
Vai voltar amanhã
Mais uma vez, eu sei
Escuridão já vi pior
De endoidecer gente sã
Espera que o sol já vem
Tem gente que está do mesmo lado que você
Mas deveria estar do lado de lá
Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar
Tem gente enganando a gente
Veja nossa vida como está
Mas eu sei que um dia a gente aprende
Se você quiser alguém em quem confiar
Confie em si mesmo
Quem acredita sempre alcança
Mas é claro que o sol...
Nunca deixe que lhe digam
Que não vale a pena Acreditar no sonho que se tem
Ou que seus planos nunca vão dar certo
Ou que você nunca vai ser alguém
Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar
Mas eu sei que um dia a gente aprende

---

 Renato... mais uma vez.Eu sei.

Falou galera.




- Postado por: mutante às 19h29
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Poemas interessantes 7

Língua Portuguesa - Olavo Bilac
 
Última flor do Lácio, inculta e bela,
És, a um tempo, esplendor e sepultura:
Ouro nativo, que na ganga impura
A bruta mina entre os cascalhos vela...

Amo-te assim, desconhecida e obscura,
Tuba de alto clangor, lira singela,
Que tens o trom e o silvo da procela
E o arrolo da saudade e da ternura!
 
Amo o teu viço agreste e o teu aroma
De virgens selvas e de oceano largo!
Amo-te, ó rude e doloroso idioma,
 
Em que da voz materna ouvi: "meu filho!"
E em que Camões chorou, no exílio amargo,
O gênio sem ventura e o amor sem brilho!
 
---------
Olavo Bilac - Plutão

Negro, com os olhos em brasa,
Bom, fiel e brincalhão,
Era a alegria da casa
O corajoso Plutão.
 
Fortíssimo, ágil no salto,
Era o terror dos caminhos,
E duas vezes mais alto
Do que o seu dono Carlinhos.
 
Jamais à casa chegara
Nem a sombra de um ladrão;
Pois fazia medo a cara
Do destemido Plutão.
 
Dormia durante o dia,
Mas, quando a noite chegava,
Junto à porta se estendia,
Montando guarda ficava.
 
Porém Carlinhos, rolando
Com ele às tontas no chão,
Nunca saía chorando
Mordido pelo Plutão . . .
 
Plutão velava-lhe o sono,
Seguia-o quando acordado:
O seu pequenino dono
Era todo o seu cuidado.
 
Um dia caíu doente
Carlinhos . . . Junto ao colchão
Vivia constantemente
Triste e abatido, o Plutão.
 
Vieram muitos doutores,
Em vão. Toda a casa aflita,
Era uma casa de dores,
Era uma casa maldita.
 
Morreu Carlinhos . . . A um canto,
Gania e ladrava o cão;
E tinha os olhos em pranto,
Como um homem, o Plutão.
 
Depois, seguiu o menino,
Seguiu-o calado e sério;
Quis ter o  mesmo destino:
Não saíu do cemitério.
 
Foram um dia à procura
Dele. E, esticado no chão,
Junto de uma sepultura,
Acharam morto o Plutão.
-----
Tem uma versão de uma música do Hélio Ziskind(o autor de centenas de aberturas da TV Cultura) com o poema do Plutão musicado.
Tem naquele CD Meu Pé Meu Querido Pé. É muito bonita. Ouçam e entenderão o que falo.
 
Falou galera.


- Postado por: mutante às 21h54
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Poemas Interessantes 6

"A mulher biônica - Mário Quintana

Eu Quero uma mulher biônica
Que me ame como uma suspirosa máquina
Do mais intenso amor
Uma mulher que quase me mate...
Mas me livre de todos os ataques!
Eu quero, quero uma mulher biônica
Para que eu possa, a qualquer momento,
Desparafusá-la..."

"Ou Isto ou Aquilo - Cecília Meirelles

Ou se tem chuva e não se tem sol
ou se tem sol e não se tem chuva!

Ou se calça a luva e não se põe o anel,
ou se põe o anel e não se calça a luva!

Quem sobe nos ares não fica no chão,
quem fica no chão não sobe nos ares.

É uma grande pena que não se possa
estar ao mesmo tempo em dois lugares!

Ou guardo o dinheiro e não compro o doce,
ou compro o doce e gasto o dinheiro.

Ou isto ou aquilo: ou isto ou aquilo ...
e vivo escolhendo o dia inteiro!

Não sei se brinco, não sei se estudo,
se saio correndo ou fico tranqüilo.

Mas não consegui entender ainda
qual é melhor: se é isto ou aquilo. "

-

Falou Galera.



- Postado por: mutante às 21h25
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________




Poesias interessantes 5

Mais poesias interessantes.
 
Amor É Um Fogo Que Arde Sem Se Ver - Camões


Amor é fogo que arde sem se ver;
é ferida que dói e não se sebte;
é um contentamento descontente;
é dor que desatina sem doer;

é um não querer mais que bem querer;
é solitário andar por entre a gente;
é um não contentar-se de contente;
é cuidar que se ganha em se perder;

é um estar-se preso por vontade;
é servir a quem vence o vencedor;
é ter com que nos mata a lealdade.

Mas como causar pode o seu favor
nos mortais corações conformidade,
senda a si tão contrário o mesmo amor?

--------

O Bicho - Manuel Bandeira


Vi ontem um bicho
Na imundície do pátio
Catando comida entre os detritos.

Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.

O bicho não era um cão,
Não era um gato,
Não era um rato.

O bicho, meu Deus, era um homem.

-----------

O Mundo é Grande - Carlos Drummond  de Andrade.


O mundo é grande e cabe
nesta janela sobre o mar.
O mar é grande e cabe
na cama e no colchão de amar.
O amor é grande e cabe
no breve espaço de beijar.
-----

Vivam os poetas!!!!

Falou galera. Já deu pra perceber que eu gosto de poesias , né???



- Postado por: mutante às 17h45
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________